07 de maio – Menos senil e fazendo compras

7 05 2011

Por do sol perto de casa em Adelaide

Uau! não é  que as aulas de ingles tão adiantando mesmo? consegui perguntar aonde fica o banheiro e entender a resposta! fui ao banheiro sozinho sem ter que perguntar aonde era para o meu filho! cara, to me sentindo o maximo, to declarando a independencia, qualquer dia desses atravesso a rua sozinho sem ficar olhando pro lado errado.

E eu fui shoppar, ou seja, fazer compras. Mas antes tenho que contar que continuo sem ver canguru. E o pessoal daqui vive fazendo baianada, goianada ou como queiram chamar: todo mundo vira em lugar proibido, da meia volta com o carro no meio da rua, sai cantando pneu, cara a turma aqui é do barulho. E estaciona sem pagar. E agora eu entendi. Entramos num estacionamento na frente do museu e não é que a conta por tres horas deu 17 dolares? por isso a turma arrisca a ser multada! isto é espoliação e exploração de maior abandonado…

Eu e o dino

E o museu é o maior barato. Tem uma exposição imensa sobre os aborigenes, que são os indios daqui. E os cara viviam na idade da pedra mesmo. Não tinham nem ceramica e nenhum trabalho em metal. Bumerang era tudo de madeira! Mas cara, eles eram muito inventivos. Quem já ouviu falar de arma que atira e volta como bumerang? só aqui na Australia, nenhum outro lugar do mundo. E tinham um atirador de lança também, um negocio que apoiava a lança e funcionava como alavanca. Muito legal. Mas eram muito atrasados, de verdade.

Os povos que viviam aqui nas ilhas “do lado” (muito longe, na verdade) eram um pouco mais adiantados, mas não muito. Nada que se comparasse aos trabalhos de ceramica ou metal dos indigenas da américa do sul (tem coleções muito boas no Chile). Mas eles inventaram coisas novas. Tem uma de pescaria com pipa! pois é, o anzol era carregado pela pipa.

Ah, e tem fosseis antigos, os fosseis de animais mais antigos do mundo, segundo o Fabri. Adorei o museu.

E saimos do museu e fomos as compras. Quer dizer, fomos tomar um café e aproveitamos e compramos coisas. E comprei uma blusa de 10 dolares (20 reais) na hora da Xepa. As lojas fecham todas as 5 h e tem loja fazendo promoção na hora de fechar. Mas se não comprar rapido eles fecham o caixa e não adianta insistir. Então, dei sorte e comprei uma blusa de frio por 20 reais. Não usei, mas qualquer coisa é melhor que o frio daqui.

E passamos numa loja de venda de revista em quadrinho e tinha promoção de 2 revistas gratis. Tava na hora de fechar e pegamos um montão. E a coisa aqui é divertida, mas em geral muito cara para nós brasileiros.

Tenho que fazer o dever de casa e hoje, se tudo der certo, vou ver um canguru. Viva!

Fomos ao cassino. Não é lugar pra gente pobre. A menor aposta é de 5 dolares em uma mesa de jogo, 10 ou 20 dolares na roleta e por ai vai. Tem os caça niqueis, salas e salas cheias deles e de gente jogando neles. E dois shows de musica. Gratis. E o vinho é o mesmo preço de todo lugar, a cerveja também. E tem umas poltronas estofadas pra gente tomar vinho e ouvir musica. Então, se vc é pobre e quer ouvir uma musica razoavel, sentando num lugar muito confortável, vá ao cassino. E faça como os dois pobres de plantão, eu e o Frabri, que bebemos vinho, curtimos e som e não jogamos nada.

Fui que amanhã eu to voltando

a cidade vista da universidade

Anúncios







%d blogueiros gostam disto: